RSS

Arquivo da tag: cozinha mineira

Broa caxambu – café da manhã à mineira

Broa caxambu

A broa caxambu é um clássico da cozinha mineira. É uma delícia para o café da manhã ou no chá da tarde. Com geleia de morango é imperdível. A receita é simples…

  • 200 g de farinha de trigo
  • 200 g de fubá
  • 200 g de açúcar
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó (12 g)
  • 2 ovos (80 g)
  • 6 colheres (sopa) de manteiga (120 g)
  • 1 colher (sopa) de erva doce
  1. Misture todos os ingredientes, nesta ordem: açúcar, manteiga, ovos, fubá, farinha, fermento, erva doce.
  2. Faça bolinhas com a massa (do tamanho de uma bola de pingue-pongue) e distribua-as em uma forma untada com óleo. Deixe pelo menos dois dedos entre uma bolinha e outra.
  3. Pincele as bolinhas com gema e leve ao forno médio pré-aquecido (200 oC), por apoximadamente 12 minutos, até as broinhas ficarem coradas.

(Rende cerca de 25 unidades)

 

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 11/03/2012 em Pães, Receitas

 

Tags: , , , , , , ,

Cuide bem do seu… queijo minas!

Queijo Minas - início da cura

Queijo minas no início da cura

Na semana passada, ganhei um queijo minas padrão da minha madrinha. O modo artesanal de fazer esse queijo é Patrimônio Cultural Imaterial Nacional, protegido pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), como comentei no post anterior (Uma mesa mais brasileira).

O que pouca gente sabe (eu mesmo descobri tem alguns meses) é que pra tornar esse queijo ainda melhor é preciso curá-lo. Com o tempo seu sabor vai ficando mais rico e sua consistência mais macia.

Queijo Minas Padrão - 1 semana

Queijo minas depois de uma semana de cura

Mas é preciso uma paciência shaolin pra resistir durante pelo menos 15 dias para o seu queijo ficar no ponto.

Cuidados para curar o queijo minas:

  1. Tire-o da embalagem e lave-o em água corrente.
  2. Seque-o bem com papel toalha.
  3. Coloque o queijo sobre um prato e cubra-o com uma peneira fina ou um escorredor de arroz (para evitar que algum inseto enxerido pouse no seu queijo)
  4. Deixe-o descansar em um local arejado, fresco e à sombra (fresco não é gelado! não caia na tentação de guardá-lo na geladeira, se não seu queijo vai mofar)
  5. Todos os dias, seque o queijo com papel toalha (para retirar a umidade e a oleosidade) e vire-o, deixando a parte que estava em contato com o prato para cima. Assim, ele vai secar por igual.

Depois de 15 dias (se você resistir pode continuar o processo por mais tempo, de 20 a 30 dias é o ideal), seu queijo vai estar pronto! Para comer com doce de leite, doce de abóbora… ou fazer um delicioso pão de queijo!

Semana que vem, quando terminar a cura (ou minha paciência!) publico uma foto dele cortado.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 06/12/2011 em Habilidades

 

Tags: , , , , , ,