RSS

Arquivo da tag: confeitaria

O melhor bolo de chocolate do mundo (bolo concorde)

Bolo Concorde

Este bolo não é simples de fazer. Mas todo esforço será compensado. Segue a receita, que me foi passada pela chef Lucia Soares.

MERENGUE FRANCÊS DE CHOCOLATE

500 g de glaçúcar
100 g de cacau em pó
240 g claras (aprox. 7 claras)

Modo de Preparo:
1. Com o globo, bater as claras por cerca de 5 minutos (até que quadrupliquem de volume);
2. Incorporar o glaçúcar peneirado aos poucos, mantendo a velocidade máxima da batedeira até que todo o glaçúcar tenha sido utilizado. Retire da batedeira;
3. Com o auxilio de uma espátula, juntar o cacau peneirado, aos poucos, misturando cuidadosamente;
4. Modelar 3 discos de merengue (com 20 cm de diâmetro) com o bico perlê número 6.
5. Levar ao forno pré-aquecido à 100 ºC por aproximadamente, uma hora.
6. Com o merengue que sobrar fazer pequenos bastões ou bolinhas para decorar.
MOUSSE DE CHOCOLATE
240 g de claras (aprox. 7 claras)
100 g de gemas peneiradas  (aprox. 7 gemas)
160 g de açúcar refinado
300 g de chocolate meio-amargo
200 g de manteiga integral sem sal

Modo de preparo:
1. Derreter o chocolate picado com a manteiga em banho-maria e deixar esfriar;
2. Aquecer os ovos com o açúcar em banho-maria até cerca de 60º C (até a mistura começar a engrossar);
3. Depois bater na batedeira até que estejam bem frios e firmes;
4. Adicionar um 1/3 dos ovos à mistura de chocolate, envolvendo cuidadosamente. Juntar o restante dos ovos (1/3 + 1/3) procedendo da mesma forma. Levar ao freezer por uma hora, ou à geladeira até o dia seguinte.

MONTAGEM

Intercalar os discos de merengue assado (suspiro) com uma camada de mousse, cobrindo também com a mousse. Decorar com as bolinhas ou bastões de merengue.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 17/12/2011 em Confeitaria, Receitas

 

Tags: , , , , ,

Pipoca doce perfeita

Pipoca doce perfeita

Tem coisa melhor que pipoca doce? Tem dias, como hoje, que não consigo resistir a ela… (A prova esta aí em cima!)

Muita gente não sabe que dá pra fazer ela em casa e é bem simples… Você só precisa de uma pipoqueira.

Eu prefiro a pipoca com cor e sabor de caramelo, sem frescura. Mas se você quiser, pode usar açúcar colorido, ou aromatizar com canela, baunilha ou alguma essência.

A receita que me ensinaram leva óleo neutro, em vez da manteiga. Também dá certo, mas o aroma da manteiga é imperdível e combina muito com o caramelo. Também coloco mais açúcar que a receita original, por que assim a pipoca fica mais caramelada.

A receita é MUITO fácil:

  • 1 xícara (café) de milho para pipoca
  • 1,5 xícara (café) de açúcar cristal (dá pra fazer com o refinado também, mas pode queimar um pouco no fundo)
  • 1/2 xícara (café) de água
  • 1 colher (sopa) de manteiga integral
  1. Coloque tudo na pipoqueira, tampe e esquente no fogo alto. Mexa sempre, com a pá da pipoqueira, para o caramelo não queimar.
  2. Quando a pipoca começar a estourar baixe o fogo. Continue mexendo até terminar de estourar.
  3. Desligue o fogo e espalhe imediatamente em uma assadeira, para o caramelo esfriar.
O caramelo deixa a pipoca brilhante e muito crocante. Irresistível!
 
Deixe um comentário

Publicado por em 06/11/2011 em Confeitaria, Receitas

 

Tags: , , , ,

Receita da semana – Suspiro

SuspiroCom meu estágio no D.O.M., não tenho conseguido atualizar o blog com mais frequência. Mas, em duas semanas, termino o estágio e volto a postar aqui, inclusive experimentando algumas receitas que estou aprendendo por lá.

Esta semana, fiz suspiro para treinar uma técnica que aprendi no curso. Suspiro me lembra infância. Não era um doce que minha mãe fazia sempre, mas, por isso, mesmo quando tinha era especial!

Para fazer suspiro, você precisa de paciência, especialmente com o tempo de forno. Ele vai levar pelo menos 50 min no forno bem baixo.

Um bom suspiro precisa ser sequinho e claro (não pode corar no forno). Para ele ficar sim, você tem que controlar o forno. Se o suspiro começar a ficar moreno, abaixe o fogo.

Para variar, você pode adicionar raspas de limão (ou de laranja), amêndoas torradas e moídas (conhecido como merengue japonês) ou qualquer outro aromatizante seco (numa proporção máxima de 20% do peso da receita).

Esta receita, da chef confeiteira Lúcia Soares, é muito boa!

  • 180 g de glaçúcar
  • 3 claras (90g)
  • Papel manteiga
  • Manteiga para untar
  1. Bater as claras até que quadrupliquem de volume, em picos firmes (o ponto estará certo, quando você virar o bowl de cabeça para baixo e as claras não despencarem).
  2. Ainda batendo, acrescentar o açúcar aos poucos, colher por colher. O merengue estará no ponto quando a mistura voltar a ficar firme e homogênea.
  3. Com um saco de confeitar, modelar os suspiros no formato de sua preferência (quanto maior, mais tempo levará para secar), em forma forrada com papel manteiga untado, ou em uma esteira de silicone (silpat).
  4. Aqueça o forno a 100 graus (Atenção: a temperatura marcada no forno, geralmente, não corresponde à real. Minha sugestão é começar a assar com o fogo um pouco mais alto. Se o suspiro começar a ficar moreno, baixe a temperatura).
  5. Leve ao forno semi-aberto (prenda a porta com um pano de prato ou com uma caixa de fósforo) por cerca de 1 hora, até o suspiro secar.
  6. Depois de resfriar, você pode guardar em embalagem bem fechada (para o suspiro não murchar) por várias semanas.
 
Deixe um comentário

Publicado por em 18/09/2011 em Receitas, Sobremesas

 

Tags: , , , , ,